ads-geral-topo

Disputa para vagas na Câmara dos Deputados acirrada no Espírito Santo

Por Alissandra Mendes e Fernanda Zandonadi A corrida por uma vaga na Câmara Federal será acirrada no Espírito Santo e alguns partidos correm o risco de não ter um representante em Brasília. Um levantamento feito pela Agência Congresso levando em conta o mercado político, apenas metade dos 14 partidos que vão disputar vagas deve emplacar […]

em 04 de maio de 2022, às 15h57

4 mins de leitura

Por Alissandra Mendes e Fernanda Zandonadi

A corrida por uma vaga na Câmara Federal será acirrada no Espírito Santo e alguns partidos correm o risco de não ter um representante em Brasília. Um levantamento feito pela Agência Congresso levando em conta o mercado político, apenas metade dos 14 partidos que vão disputar vagas deve emplacar um deputado.

O PSC, PTB, PSD, MDB e União Brasil não devem eleger federais no Espírito Santo. O PT corre o mesmo risco, avalia a publicação. No Espírito Santo, nenhum candidato tem, sozinho, o potencial de voto para eleger um deputado federal. Para dar uma ideia, um partido precisa somar de 180 a 200 mil votos para ganhar uma cadeira na Câmara.

De acordo com o levantamento da Agência Congresso, os partidos e os pré-candidatos à Câmara Federal são:

PDT: Sueli Vidigal e Felipe Lemos
PT: Helder Salomão
PSDB: Max Filho e Sérgio Majeski
PSD: César Colnago
PTB: Soraya Manato
PP: Da Vitória (que pode disputar o Senado), Evair de Melo, Marcus Vicente, Neucimar Fraga e Norma Ayub
PRB: Amaro Neto, Erick Musso, Jorge Silva e Marcos Guerra
PSC: Lauriete e Renzo Vasconcelos
Podemos: Gilson Daniel, Coronel Ramalho, Victor Linhalis e Gedson Merízio
PSB: Foletto, Ted Conti e Jacqueline/Givaldo
MDB: Sem chapa
UB: Gustavo Peixoto, Thiago Carreiro
Patriotas: Dr. Pinheiro, Rafael Favato, Major Walace, Capitã Estéfane

Em Brasília.

O diretor do Grupo do Folha do Caparaó (GFC), Elias Carvalho, está em Brasília nesta quarta-feira (4), juntamente com o vereador de Guaçuí, Aroldo Montoni Ferreira (DEM). Eles foram recebidos, antes da sessão plenária, pelo deputado federal Neucimar Fraga (PP), que parabenizou Elias pela atuação do portal AQUINOTICIAS.COM no Sul do Espírito Santo.O diretor do Grupo do Folha do Caparaó (GFC), Elias Carvalho, está em Brasília nesta quarta-feira (4), juntamente com o vereador de Guaçuí, Aroldo Montoni Ferreira (DEM). Eles foram recebidos, antes da sessão plenária, pelo deputado federal Neucimar Fraga (PP), que parabenizou Elias pela atuação do portal AQUINOTICIAS.COM no Sul do Espírito Santo.

Decolando.

Pesquisas recentes, feitas por institutos no Espírito Santo, apontam que o deputado Da Vitória (PP) está iniciando a pré-candidatura com muito fôlego. Já passou dos 8 pontos e com rejeição quase inexistente. Por ele ser jovem e ter muitos serviços prestados ao Sul do Espírito Santo, é um dos favoritos na corrida pelo Senado.

Nome da indústria.

O nome do industrial Leo de Castro ganha força para concorrer como vice-governador na chapa de Renato Casagrande (PSB). Filiado ao PSDB, Castro é um nome bem avaliado no meio empresarial capixaba. Com um currículo extenso, já atuou na Fibrasa, na VTO Polos Empresariais e na Econservation Estudos Ambientais. Castro também já ocupou a presidência da Associação dos Empresários da Serra (Ases) entre 2003 e 2005, do Sindicato da indústria de material plástico do Estado do Espírito Santo (Sindiplast-ES), de 2009 a 2012, foi diretor da Findes de 2011 a 2014, atualmente ocupa a vice-presidência da Federação e representa o Espírito Santo como conselheiro na Confederação Nacional da Indústria (CNI). Além disso, foi presidente da Findes no triênio 2017-2020.

Anistia.

O vice-líder do Governo na Câmara, deputado Evair de Melo (PP), juntamente com a deputada Carla Zambeli (PL) e outros 67 parlamentares federais, assinaram nesta quarta-feira (04), como autores, o Projeto de Lei nº 1102/2022, que concede anistia ampla, civil e penalmente a todos aqueles que tenham praticado atos que sejam investigados ou processados sob a forma de crimes de natureza política ou conexo, incluindo condutas inseridas no âmbito da liberdade de expressão, manifestação e crença, consideradas antidemocráticas pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Caso Daniel Silveira.

A proposição de Evair e outros deputados inclui ainda, como anistiados, todos os crimes do capítulo do Código Penal que trata de ataques contra o Estado democrático de direito, como no caso de Daniel Silveira, que foi condenado pelo Supremo por ataques a ministros da Corte.

Palestra na Suíça.

O deputado federal Felipe Rigoni (UB) é o único brasileiro convidado para palestrar no maior evento de lideranças do mundo, o St. Gallen Symposium, na Suíça.  Rigoni vai debater sobre a importância da utilização de dados na elaboração de políticas públicas, como forma de redução das desigualdades.

Nobel da paz.

Entre os participantes estão o presidente da Suíça, Ignazio Cassis, a vencedora do Nobel da Paz, Maria Ressa, o CEO da Shell, Ben van Beurden e a ex-presidente da Croácia, Kolinda Grabar-Kitarović. O Simpósio também conta com a presença de membros do parlamento Austríaco, Ucraniano, Francês e diversos outros países.

As informações/opiniões aqui escritas são de cunho pessoal e não necessariamente refletem os posicionamentos do AQUINOTICIAS.COM

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape