ads-geral-topo

Quebrando tabu! Lorena revela o que nunca aconteceu antes em Cachoeiro

Cotada para ser a candidata do governo para a sucessão do prefeito Victor Coelho, ela destaca a importância da mulher no Poder.

3 mins de leitura

em 13 de nov de 2023, às 10h27

Foto: Reprodução | Rede social

Por: Flavio Cirilo
jornalismo.aquinoticias@gmail.com
(28) 99959-6506

A secretária Lorena Vasques, que desponta entre os nomes cotados para disputar as eleições como prefeita de Cachoeiro de Itapemirim em 2024, revelou o que pensa sobre a participação da mulher no Poder. Vindo de família tradicional de comerciantes, Lorena vem se destacando no poder público em setores que, até então, só eram ocupados por homens.

Na cerimônia de posse da nova diretoria do Movimento Empresarial Sul do Espírito Santo (Messes), ela conversou com a Coluna Bastidor e destacou:

“Acho que a gente já está conseguindo se posicionar mais em relação a isso. Por exemplo, a Secretaria de Obras, Manutenção e Serviços nunca teve uma mulher em sua gestão e a gestão do prefeito Victor Coelho trouxe essa inovação. Nosso trabalho tem feito o diferencial. Então, só por isso a população já pode entender a capacidade da mulher”, relatou Lorena.

Atualmente ela chefia, simultaneamente, as secretarias de Manutenção e Serviços (Semmat) e a Municipal de Obras (Semo), onde atua de forma interina.

Sexo frágil, mas assertivo

Falando em representatividade, Lorena Vasques também chamou a atenção para a importância do papel estratégico da mulher na sociedade.

“A mulher tem se posicionado perante o mercado como um todo, de forma muito contundente, de forma muito expressiva e de forma muito positiva. Embora a mulher seja conhecida como sexo frágil, de frágil nós não temos nada! A gente encara os problemas, a gente consegue entender a realidade, achar as soluções e ainda ter a empatia pelo próximo, pelas situações que é mais importante. A mulher, muitas vezes, é muito mais emocional do que racional. Porém, esse emocional nos faz ter um racional um pouco mais assertivo”, ressaltou.

Primeira prefeita de Cachoeiro?

Apesar de afirmar que ainda está muito cedo para tratar sobre política eleitoral, a super secretária Lorena Vasques não descarta a possibilidade de se candidatar para quebrar mais um tabu em Cachoeiro, ser a primeira prefeita da cidade.

“Não sou filiada a partido. Nunca fui filiada a partido. Estamos trabalhando na Secretaria de Obras, fazendo o melhor para a cidade como secretária de Obras, Manutenção e Serviços. Política é lá na frente. Pode ser que aconteça, mas hoje ainda é muito precoce falar de qualquer decisão. A decisão vai ser em conjunto. O prefeito Victor Coelho, junto ao governador Renato Casagrande, os deputados, que também têm a sua importância e relevância em todo esse contexto. Então, esse debate vai ficar um pouco mais para frente”,

As informações/opiniões aqui escritas são de cunho pessoal e não necessariamente refletem os posicionamentos do AQUINOTICIAS.COM

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape