ads-geral-topo
Turismo

Espírito Santo se prepara para voltar à rota dos cruzeiros marítimos

Durante as simulações, realizadas em formato 3D, foram representados os ambientes portuários e costeiros de Vitória, permitindo uma análise minuciosa dos possíveis cenários

Por Redação

2 mins de leitura

em 26 de fev de 2024, às 15h02

Foto: Divulgação/Setur

Depois de simulações promissoras realizadas esta semana na Universidade de São Paulo (USP), o Espírito Santo está muito perto de confirmar o retorno à rota dos cruzeiros marítimos. A análise técnica, conduzida em parceria com a instituição, revelou resultados positivos que indicam a viabilidade da parada de cruzeiros no litoral capixaba a partir de 2025.

O secretário de Estado do Turismo, Philipe Lemos, expressou entusiasmo diante dos avanços conquistados. “Estamos muito animados com os resultados das simulações realizadas na USP. Este é um passo significativo para o Governo do Estado em direção ao objetivo de trazer os cruzeiros de volta ao Espírito Santo. A parceria com a universidade foi fundamental para analisarmos detalhadamente os aspectos técnicos e logísticos envolvidos nesse projeto”, destacou Lemos.

Leia também: Histórias de grupos de caxambu são contadas em produção audiovisual

Durante as simulações, realizadas em formato 3D, foram representados os ambientes portuários e costeiros de Vitória, permitindo uma análise minuciosa dos possíveis cenários. Além disso, foram conduzidas análises de risco da operação, visando identificar e avaliar possíveis desafios e soluções para garantir o sucesso das paradas de cruzeiros no Estado.

O relatório conclusivo ficará pronto até o final de março deste ano. Até lá, outros três estudos serão realizados: batimetria, para saber a profundidade exata de onde o navio passará; fundeio, para definir onde o navio vai jogar a âncora e irá permanecer parado; e sinalização marítima, que já existe, mas pode sofrer alguma alteração.

A expectativa é que, com a conclusão positiva desses estudos, o Espírito Santo possa receber um significativo fluxo de turistas, gerando impactos econômicos positivos para a região. O retorno dos cruzeiros marítimos não apenas impulsionará o setor turístico local, mas também proporcionará uma oferta diversificada de lazer e entretenimento aos visitantes, promovendo o intercâmbio cultural e fortalecendo a economia capixaba.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape