ads-geral-topo
Turismo

Sancionada lei que cria Rota do Vale do Moitão em Atílio Vivácqua

A lei, de autoria do deputado estadual Marcelo Santos, sancionada pelo governador Renato Casagrande e está publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (11).

Por Redação

2 mins de leitura

em 11 de ago de 2023, às 14h08

Foto: Terence J. Nascentes/Site Iema

Uma nova era para o turismo e o agronegócio se inicia no Sul do estado do Espírito Santo com a promulgação da Lei Nº 11.872, uma iniciativa que cria a Rota do Vale do Moitão do Sul. A lei, de autoria do deputado estadual Marcelo Santos, sancionada pelo governador Renato Casagrande e está publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (11).

“A Rota do Vale do Moitão do Sul, foi um pedido do Pastor Marcos, de Atílio Vivácqua, com o objetivo de abrir novos horizontes para o desenvolvimento regional. Nossa intenção é alavancar o turismo e o agronegócio, unindo diversas comunidades em um circuito repleto de atrações naturais e culturais”, destacou o deputado Marcelo Santos, autor da Lei.

As localidades conectadas por essa rota incluem Moitão do Sul, Santa Maria, Candura, Fortaleza, Sumidouro, Córrego da Fama e Linda Aurora. Cada uma dessas comunidades abriga tesouros naturais, como belas paisagens e poços naturais, além de oferecer experiências como passeios rurais, esportes de aventura, cicloturismo, trilhas e hospitalidade em pousadas e restaurantes familiares.

“A criação da Rota do Vale do Moitão do Sul é uma oportunidade ímpar para os visitantes explorarem a rica cultura e patrimônio desta região”, afirmou ainda o parlamentar. “Além disso, ela tem o poder de catalisar o turismo de negócios, especialmente no setor do agronegócio, abrindo portas para parcerias que beneficiarão tanto os habitantes locais quanto os turistas.”

Vale destacar que a região de Atílio Vivácqua, junto com os municípios vizinhos Muqui e Mimoso do Sul, abriga o Monumento Natural Estadual Serra das Torres (MONAST), uma das maiores Unidades de Conservação do Espírito Santo. Reconhecida como prioritária para a conservação da biodiversidade no estado, essa área é rica em complexos florestais e paisagens montanhosas.

A preservação desse patrimônio natural é uma das metas da Rota do Vale do Moitão do Sul, que visa envolver os proprietários rurais na causa da conservação. Esta conquista não apenas impulsiona o turismo e o agronegócio, mas também traz esperança para o desenvolvimento sustentável da região, enriquecendo suas tradições, cultura e economia.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape