ads-geral-topo
Sa√ļde e Bem-estar

ūüéóÔłŹSetembro amarelo: cinco dicas para prevenir o suic√≠dio

Segundo psicólogo, este é um assunto extremamente importante e deve ser abordado de forma ampla e consciente

Por Redação

em 13 de set de 2023, às 14h16

3 mins de leitura

Foto: Freepik

Um problema cada vez mais comum e que precisa ter uma atenção especial para evitá-lo. Durante o mês, acontece a campanha Setembro Amarelo, uma iniciativa que tem como objetivo principal alertar para os sintomas e a prevenção do suicídio.

Para o psicólogo Tiago Nunes Botura, que atua no Santa Casa Especialidades, a prevenção ao suicídio é um assunto extremamente importante e deve ser abordado de forma ampla e consciente.

Segundo o especialista, existem várias maneiras de preveni-lo. Entre elas está a criação de redes de apoio.

‚Äú√Č importante que familiares, amigos e colegas de trabalho estejam atentos aos sinais de alerta e ofere√ßam suporte emocional a quem est√° passando por momentos dif√≠ceis. Manter uma comunica√ß√£o aberta e acolhedora pode fazer toda a diferen√ßa‚ÄĚ, orientou.

Outra forma de preven√ß√£o tamb√©m √© o acesso aos servi√ßos de sa√ļde mental. Segundo Botura, √© fundamental que as pessoas tenham acesso a psic√≥logos e psiquiatras, para receberem tratamento adequado e acompanhamento profissional.

‚ÄúInfelizmente, ainda existe um estigma em rela√ß√£o √† busca por ajuda psicol√≥gica, o que precisa ser desconstru√≠do‚ÄĚ, esclareceu.

Al√©m disso, √© fundamental disseminar informa√ß√Ķes sobre sa√ļde mental, transtornos psicol√≥gicos e a import√Ęncia de buscar ajuda quando necess√°rio.

‚ÄúAtrav√©s de palestras, campanhas e materiais de conscientiza√ß√£o, √© poss√≠vel educar a popula√ß√£o sobre o assunto‚ÄĚ, destacou.

E prosseguiu: ‚ÄúLembre-se que, se voc√™ ou algu√©m que voc√™ conhece est√° enfrentando pensamentos suicidas, √© extremamente importante buscar ajuda. Entre em contato com servi√ßos de emerg√™ncia, como o Centro de Valoriza√ß√£o da Vida (CVV) no Brasil, ou procure um profissional de sa√ļde mental o mais r√°pido poss√≠vel‚ÄĚ.

Veja abaixo cinco dicas de prevenção ao suicídio:

1. Cria√ß√£o de redes de apoio: √© importante que familiares, amigos e colegas de trabalho estejam atentos aos sinais de alerta e ofere√ßam suporte emocional a quem est√° passando por momentos dif√≠ceis. Manter uma comunica√ß√£o aberta e acolhedora pode fazer toda a diferen√ßa.

2. Acesso a servi√ßos de sa√ļde mental: √© fundamental que as pessoas tenham acesso a servi√ßos de sa√ļde mental, como psic√≥logos e psiquiatras, para receberem tratamento adequado e acompanhamento profissional. Infelizmente, ainda existe um estigma em rela√ß√£o √† busca por ajuda psicol√≥gica, o que precisa ser desconstru√≠do.

3. Educa√ß√£o sobre sa√ļde mental: disseminar informa√ß√Ķes sobre sa√ļde mental, transtornos psicol√≥gicos e a import√Ęncia de buscar ajuda quando necess√°rio √© uma forma de prevenir o suic√≠dio. Atrav√©s de palestras, campanhas e materiais de conscientiza√ß√£o, √© poss√≠vel educar a popula√ß√£o sobre o assunto.

4. Redu√ß√£o do acesso aos meios letais: evitar o acesso f√°cil a meios letais, como armas de fogo e medicamentos em excesso, pode reduzir o n√ļmero de casos de suic√≠dio. Restri√ß√Ķes legais e campanhas de conscientiza√ß√£o sobre o armazenamento seguro de armas e medicamentos podem contribuir nesse sentido.

5. Valoriza√ß√£o da vida:¬†√© importante disseminar mensagens de valoriza√ß√£o da vida e da import√Ęncia de buscar ajuda em momentos de crise. Campanhas de conscientiza√ß√£o podem ser realizadas para combater o estigma em rela√ß√£o aos transtornos mentais e incentivar o cuidado com a sa√ļde emocional.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape