ads-geral-topo

Guaçuí

Santa Casa apresenta ferramenta de Inovação em Congresso de Hospitais em SP

Quatro hospitais do Espírito Santo foram selecionados para apresentarem soluções de Inovação

Por Carlos Mobutto

3 mins de leitura

em 26 de set de 2023, às 13h12

A instituição vai apresentar a ferramenta Huddle, que reduz tempo e custos de processos hospitalares. Foto: Reprodução.

A Santa Casa de Guaçuí foi um dos quatro hospitais filantrópicos capixabas selecionados para apresentarem resultados de Inovação no Congresso Nacional dos Hospitais Privados (Conahp), que acontece nos dias 18 e 19 de outubro, em São Paulo.

As instituições capixabas que estarão no evento expondo seus trabalhos serão Santa Rita, de Vitória; Hospital Rio Doce, de Linhares e São Marcos, de Nova Venécia.

A Santa Casa de Guaçuí é uma das principais referências de Saúde do Sul do Espírito Santo, atendendo às demandas de toda a região do Caparáo e tem se modernizado por meio de tecnologias cirúrgicas, de atendimento e também de comunicação. Entre janeiro e agosto de 2023, 2.716 pacientes foram internados na unidade pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

LEIA TAMBÉM: Hospital Estadual de São Jose do Calçado faz aniversário de 113 anos

Agilidade nos processos

A instituição vai apresentar no congresso o método de Comunicação Interna que agiliza a resolução de demandas de diversas complexidades, reduzindo tempo e custos de praticamente todos os processos hospitalares.

O supervisor hospitalar da Santa Casa de Guaçuí, Denis Vaz, explica que a implantação foi realizada no mês de abril de 2023 e envolve toda a rotina hospitalar, desde a comunicação administrativa, arquivos de exames, acesso e histórico dos pacientes.

Denis Vaz, Santa Casa de Guaçuí

“A ferramenta do Huddle diário se mostrou um meio eficaz para resolutividade rápida de problemas internos. Com reuniões diárias, objetivas, de forma presencial, e com participação de 28 setores, o Huddle é realizado por meio de questionário próprio, através de uma plataforma online, preenchido durante a reunião que direciona as demandas internas e dessa forma monitora a sua resolução”, explicou.

Com a ferramenta, o índice de satisfação de comunicação entre os setores após foi de 86%.

“Um exemplo prático é quanto à identificação dos pacientes. Antes da implementação da ferramenta o índice chegou a 16% de pacientes com pulseira de identificação, com a ferramenta Huddle diária foi possível identificar esse problema e hoje o índice está em 100% de pacientes com pulseiras. Hoje o índice de demandas completamente solucionadas ultrapassam os 85%.

LEIA TAMBÉM: Dentista de Alegre participa de audiência com Papa Francisco nesta semana

Troca de experiências

O supervisor acredita que essa troca de informações juntos dos 500 melhores projetos de inovação em Saúde do País, será revertido para a população do Caparaó.

“Participar de um Congresso a nível nacional e internacional como o CONAHP 2023, representando a saúde de nosso Caparaó capixaba, é uma grande honra para todos nós da Santa Casa de Guaçuí, uma oportunidade de levar um pouco de nossa experiência de sucesso e conhecer novos projetos de sucesso de grandes Hospitais do nosso país. Será uma rica troca de experiências, vivências e realizações junto à alguns dos maiores nomes da saúde do Brasil”, disse.

Segundo o presidente da Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos do Espírito Santo (Fehofes), o  Prêmio Luiz Nivaldo da Silva tem estimulado a cultura de melhoria contínua e aplicação de melhores práticas em nossas instituições.

“A seleção dos trabalhos dos nossos hospitais associados para sessão pôster do Congresso Nacional de Hospitais Privados atesta o sucesso deste projeto e nos impulsiona a avançar cada vez mais”, destacou.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape