ads-geral-topo
Espírito Santo

Sêxtuplos de Colatina: pais divulgam fotos com bebês no colo

Os cinco bebês continuam internados devido ao nascimento prematuro

Por Redação

3 mins de leitura

em 30 de out de 2023, às 10h16

Foto: Reprodução

Os pais dos sêxtuplos de Colatina publicaram nas redes sociais, neste domingo (29), novas fotos segurando no colo dois dos cinco filhos. Nas imagens, quem ganha o colinho dos papais, Magdiel e Quezia Romualdo, são Maitê e o Henry.

Os sêxtuplos Theo, Matteo, Lucca, Henry, Maytê e Eloá nasceram no dia 1º de outubro, em Colatina, com 27 semanas de gestação. O pequeno Matteo não resistiu e faleceu com cinco dias de vida. Já os outros bebês, seguem internados na UTI.

“E hoje o colinho foi o papai segurando a Maytê e mamãe segurando Henry, graças a Deus estão crescendo e desenvolvendo a cada dia”, diz a legenda das fotos publicadas no Instagram.

Magdiel e Quézia passaram o domingo no hospital com os filhos e ao final do dia atualizaram o estado de saúde dos gêmeos. “Hoje estamos muito felizes porque conseguimos dar colinho para a Maitê e para o Henry. Foi muito bom poder sentir eles perto da gente, tão pequenininhos. Uma emoção muito grande”, disse o pai.

Da mesma forma, Quezia também celebrou o desenvolvimento alcançado pelos filhos dia após dia. Segundo a mãe, os filhos seguem apresentando melhoras.

“O Théo já começou a fazer um pouco de xixi e os exames estão melhores. Os rins melhoraram e isso nos dá esperança e a certeza de que Deus está trabalhando e não vai ficar nenhuma sequela”.

De acordo com os pais, o Henry já saiu da hemodiálise e ainda toma alguns medicamentos, mas começou a fazer xixi e essa semana deve ser desentubado. A Maytê está muito bem, com dieta de 17ml de leite e exames bons. Já os gêmeos Lucca e Eloá, que estão internados em Colatina, também estão estáveis, sem intercorrência e crescendo bem.

Na próxima quarta-feira (01) os quíntuplos completam seu primeiro mês de vida.

Sobre os sêxtuplos

Os sêxtuplos Theo, Matteo, Lucca, Henry, Maytê e Eloá nasceram no dia 1º de outubro, em Colatina, em um parto que durou dez minutos. A mãe Quezia Romualdo, de 29 anos, estava com falta de ar e contrações e passou por cirurgia cesariana. Ela tinha acabado de completar 27 semanas de gravidez.

O nascimento dos bebês envolveu uma equipe de 32 profissionais entre médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, técnicos de enfermagem, anestesistas e pediatras. A princípio, a expectativa da equipe médica era de que a gravidez alcançasse as 30 semanas. Porém, Quezia completou 27 semanas no dia 30 de setembro, um dia antes do parto.

Leia também: https://aquinoticias.com/2023/10/nasceram-equipe-de-32-profissionais-realiza-parto-de-sextuplos-no-es/

No dia 6 de outubro a morte do pequeno Matteo foi confirmada pela família em redes sociais e também pelo hospital. O bebê teve o seu quadro clínico agravado em função da prematuridade extrema.

De fato, foi a mãe que publicou uma mensagem nas redes sociais falando sobre a morte do filho:

“É com muita tristeza que informamos que Deus recolheu o pequeno Matteo. Deus é soberano, e sua vontade é perfeita. Só podemos agradecer por cada momento precioso que compartilhamos com ele, ainda que tenha sido breve. E queremos agradecer a cada um de vocês que tiraram um tempinho para colocar a vida dele e de toda a nossa família em oração”.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape