ads-geral-topo

Em Cachoeiro

PC fará perícia para identificar de onde partiu tiro que matou idosa

De acordo com a Polícia Militar, as armas foram recolhidas e estão à disposição da Policia Civil para balística

Por Redação

em 28 de nov de 2023, às 12h06

2 mins de leitura

Foto: Reprodução

A Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), de Cachoeiro de Itapemirim, vai investigar as causas da morte da aposentada Maria Quinelato Calda, 66 anos, atingida com um tiro de bala perdida, durante uma perseguição da Polícia Militar a um suspeito no bairro Valão, na noite da última segunda-feira (27).

De acordo com a Polícia Militar, as armas foram recolhidas e estão à disposição da Policia Civil para balística. Somente após o exame vai ser possível saber se onde partiu o tiro que atingiu a vítima. Um revólver Taurus, de calibre 38, foi apreendido na residência do suspeito que era buscado pela polícia. A arma também vai passar pela balística.

Leia também: Idosa é baleada durante troca de tiros e morre no meio da rua em Cachoeiro

Por meio de nota, a Polícia Civil informa que o caso segue sob investigação da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cachoeiro de Itapemirim e detalhes da investigação não serão divulgados, no momento. O corpo foi encaminhado para o Serviço Médico Legal (SML) do município, para ser necropsiado e, posteriormente, liberado para os familiares.

A Polícia Civil destaca que a população tem um papel importante nas investigações e pode contribuir com informações de forma anônima através do Disque-Denúncia 181, que também possui um site onde é possível anexar imagens e vídeos de ações criminosas, o disquedenuncia181.es.gov.br. O anonimato é garantido e todas as informações fornecidas são investigadas.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape