ads-geral-topo
Esportes

Datas e horários da grande final do Capixabão 2024; confira

As datas foram definidas em reunião com os finalistas na segunda-feira (1)

Por Redação

3 mins de leitura

em 04 de abr de 2024, às 11h25

Foto: Divulgação/FES

As finais do Capixabão Superbet estão marcadas pela Federação de Futebol do Estado do Espírito Santo (FES). Os confrontos entre Rio Branco SAF e Rio Branco FC acontecem neste domingo (07), às 16h, e no sábado (13), às 17h, ambos no estádio estadual Kleber Andrade, em Cariacica.

Leia também: Copa Paraíso de Futsal reúne 26 times e promete muita emoção em Cachoeiro

As datas foram definidas em reunião com os finalistas na segunda-feira (01), na sede da FES, em acordo com os clubes e com a TVE, que vai transmitir os dois jogos. O palco das finais já estava determinado desde o último dia 18, na reunião com os times semifinalistas, uma vez que o regulamento exige capacidade mínima de 5 mil pessoas.

Como teve melhor campanha na primeira fase, o Rio Branco SAF é o mandante do jogo da volta. Nas duas partidas, o acesso da torcida capa-preta será nos portões dianteiros do Kleber Andrade, para os setores C e D, e o da torcida tricolor pelos portões de trás, para os setores A e B. Os ingressos custam R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia) nos dois jogos.

Assim como nos últimos quatro jogos, as finais também vão contar com o VAR Light, sistema de árbitro de vídeo com oito câmeras e sem a tecnologia da linha do impedimento, viabilizado com investimento da FES.

Os dois finalistas estão garantidos na Copa do Brasil 2025. Mas o título do Capixabão Superbet vale vagas para o Campeonato Brasileiro Série D e para a Copa Verde do ano que vem, além de premiação de R$ 130 mil. O vice-campeão também recebe premiação, no valor de R$ 60 mil.

Classificação para final do Capixabão

A classificação das equipes se deu no último fim de semana, com os jogos da volta das semifinais. Debaixo de muita chuva, o Rio Branco SAF voltou a vencer o Porto Vitória por 2 a 1, no sábado (30), no Kleber Andrade.

O Porto largou na frente com Elton Martins, mas Maranhão e Bruno Cosendey viraram para a equipe capa-preta, que tenta o 38º título estadual. O último foi conquistado em 2015.

“Primeiramente, é agradecer a Deus. Com muita luta e com cada um confiando no outro, a gente conseguiu chegar na grande final. Que a gente possa fazer uma grande final para sair campeão!”, disse Maranhão, em entrevista à FES.

O “xará” Rio Branco FC também venceu os dois jogos das semifinais. Depois do triunfo por 1 a 0 na ida, o time de Venda Nova do Imigrante voltou a superar o Vitória, dessa vez por 2 a 1, no estádio Olímpio Perim, no domingo (31). Marcus Vinícius e Arthur Faria fizeram os gols do time tricolor, e Macário descontou para a equipe alvianil.

Contudo, campeão em 2020 e vice-campeão em 2021, o Rio Branco FC tenta o segundo título estadual da sua história. O clube voltou à elite do futebol capixaba neste ano, depois do vice-campeonato da Série B estadual no ano passado.

“Esse é meu quinto ano aqui e minha quarta final, então acredito que sou um cara abençoado. O clube merece, passou por momentos difíceis em 2022, mas a gente conseguiu dar a volta por cima. Tivemos momentos difíceis no começo do campeonato. Muitos não acreditaram na gente, mas a gente não deixou de acreditar”, lembrou Arthur Faria, em entrevista à TVE.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape