ads-geral-topo
Cidades

Quase 200 pessoas debatem turismo na região do Caparaó

O seminário foi promovido pela Agência de Desenvolvimento Caparaó.

Por Diorgenes Ribeiro

7 mins de leitura

em 31 de maio de 2024, às 12h07

Foto: AQUINOTICIAS.COM | Diorgenes Ribeiro

Com o intuito de fomentar o setor empresarial e turístico da região, ocorreu na terça-feira (28), o 1° Simpósio Empresarial e Turístico do Caparaó. O evento, que ocorreu na portaria do Parque Nacional do Caparaó, em Pedra Menina, no município de Dores do Rio Preto, contou com quase 200 pessoas.

O evento foi realizado pela Agência de Desenvolvimento Caparaó (instituição sem fins lucrativos), e contou com o apoio da Prefeitura de Dores do Rio Preto, Sebrae, Fecomércio ES, Aderes e governo do Estado do Espírito Santo.

Leia Também: Cidades do Sul do ES garantem pódio em desafio para setor turístico

O superintendente do Sebrae no ES, Pedro Rigo, disse que a presença do órgão é para fortalecer a governança e levar a profissionalização do turismo na região. “O Sebrae está junto e presente com essa governança que está se fortalecendo para podermos, de fato, chegar nesse território cada vez mais com a profissionalização do turismo, estimulando os empreendedores a partir dessa economia tão forte que é a do turismo aqui no Caparaó.”

Além disso, Pedro ressaltou que o Sebrae tem contribuído para o desenvolvimento dos municípios que compõe a região do Caparaó. “A gente contribui fortemente para o desenvolvimento das cidades que fazem parte do Caparaó, isso porque o turismo tem uma pujança muito forte e um potencial muito grande e nós vamos com a Agência de Desenvolvimento, a partir deste seminário, traçar um bom plano de trabalho e dizer para o Espírito Santo que o Caparaó de fato é um importante destino turístico”, disse Rigo.

Fomento ao turismo sustentável

Filipe Lemos, secretário de Turismo do Estado, destacou que a região é extremamente rica e de um potencial turístico imenso, que é muito importante que haja esse acompanhamento técnico, para ter uma profissionalização. “Essa é uma região extremamente rica e de um potencial turístico imenso, que é muito importante que haja esse acompanhamento técnico, para ter uma profissionalização da região”, ressaltou o secretário.

O crescimento da região de maneira sustentável e com a união de forças entre os entes também é fundamental, ressaltou Filipe. “A região está se desenvolvendo e tem um potencial muito grande. É muito importante essa união de esforços entre os entes. Entre o poder público e entidade privada, secretarias de estado e municípios, Sebrae e Fecomércio, em geral. Essa união de esforços visa unicamente o desenvolvimento e crescimento, mas claro, de maneira sustentável que é exatamente o que diz a nossa lei estadual do turismo. Onde prevemos o uso, uma exploração, mas de maneira sustentável, para que isso fique por muitos e muitos anos para todos nós, para podermos curtir e usufruir de forma sustentável”, destacou.

União de forças pelo Caparaó

Eleardo Aparicio Costa Brasil, prefeito de Divino de São Lourenço e presidente do Consórcio do Caparaó, esteve presente no Simpósio e parabenizou os organizadores e colocou o consórcio à disposição para unir forças para fomentar um turismo sustentável na região.

“Fico muito feliz em saber que podemos contar com o apoio de instituições como Sebrae, Fecomércio e do governo do Estado para que juntos possamos ajudar a alavancar cada vez mais o turismo em nossa região. Creio que cada um, realizado seu papel, a região tem muito a crescer. Parabenizo a Agência de Desenvolvimento Caparaó e afirmo que estamos juntos nesse processo na região. A união e o diálogo têm que prevalecer para alcançarmos nossos objetivos”, frisou Eleardo Brasil.

A Agência de Desenvolvimento Caparaó (instituição sem fins lucrativos), representada por seu diretor-presidente, Rodrigo Jose Gonçalves Monteiro, ressaltou a importância da realização do evento, após dois anos de criação da Agência.

“Hoje mostra a consolidação de um trabalho que já faz dois anos da criação da Agência. Veio mostrar credibilidade, seriedade e o motivo de estarmos aqui, que é unir o Caparaó para um grande desenvolvimento. Estamos aqui para somar junto ao Consórcio do Caparaó, aos municípios e associações que já existem aqui”, frisou Rodrigo.

Roliúde Nordestina

Uma das palestras mais esperadas do evento, foi a de Arnaldo Junior, ex-prefeito do município de Cabaceiras, no estado da Paraíba, cidade conhecida como “Roliúde Nordestina”. Durante sua palestra, Arnaldo salientou a importância que cada município possui em usar de forma inteligente seus principais potenciais turísticos e, de forma sustentável, explorar isso para atrair turistas.

“A realização desse Simpósio é um passo fundamental e estratégico. Eu diria que será algo de fato diferencial para o Brasil. Esse evento, que faz parte de um esforço muito maior, que reúne instituições estratégicas como o Sebrae, Fecomércio, o sistema “S” e a participação do governo do Estado, entendendo o turismo como um diferencial para estruturação e transformação de territórios”, disse o ex-prefeito.

Para Arnaldo Junior, o evento é fundamental para a promoção de toda a adversidade e potencial que este estado do Espírito Santo. “Esse Simpósio que ocorre aqui na região do Caparaó, mas que certamente estará ocorrendo em outras regiões, será um ponto fundamental para a promoção de toda a adversidade e potencial que este estado do Espírito Santo tem a partir de sua cultura, história e atrativos naturais. Esse esforço estratégico compartilhado, certamente estará fazendo a diferença. O que o Espírito Santo está realizando aqui, deve ser referenciado pelo Brasil.” 

Diversos participantes

Além da palestra de Arnaldo, o público pôde assistir à palestra de José Buffon, que abordou o turismo como alavanca da transformação territorial. Paulo Renato, ex-secretário de Vitória, trouxe a experiência do turismo da grande Vitória. Antônio Bispo debateu com o público presente como tornar a hospedagem um atrativo turístico e Leandro Carnielli mostrou como a região das Montanhas Capixabas se transformou em um dos destinos mais procurados do Espírito Santo.

Estiveram presentes no evento o prefeito de Dores do Rio Preto, Cleudenir José de Carvalho Neto; Nemrod Emerick de Alegre e o prefeito de Ibatiba e presidente da Amunes, Luciano Pingo. O diretor do Grupo Folha do Caparaó, Elias Carvalho e a diretora da Revista Safra, Katia Quedevez, também marcaram presença.

O que é a Agência de Desenvolvimento Caparaó?

A Agência de Desenvolvimento Caparaó, a AD Caparaó, foi criada em maio de 2022, com o objetivo de captar recursos para o desenvolvimento de todos os municípios integrantes. A Agência reúne membros do poder público, iniciativa privada e do terceiro setor.

A Agência de Desenvolvimento Caparaó inclui todos os municípios integrantes formalmente do consórcio Caparaó, além da possibilidade de incorporação dos municípios limítrofes, no sentido da busca de coerência de suas ações microrregionais.

AD Caparaó nasceu com a meta de promover a integração e o desenvolvimento regional em bases sustentáveis e participativas, de forma articulada com os setores público, empresarial, terceiro setor e sociedade civil para fomentar e evidenciar as potencialidades do Caparaó capixaba.

O objetivo é contribuir para a evolução das políticas públicas, em geral, promovendo o desenvolvimento sustentável pautado na proteção e recuperação de recursos naturais, nas inter-relações entre processos produtivos, na inovação tecnológica, no desenvolvimento do capital humano, cultural e social, na dinamização da economia, no desenvolvimento da saúde integral, na valorização da vocação e do potencial da região e na melhoria da infraestrutura para o desenvolvimento regional.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape