ads-geral-topo
Saúde e Bem-estar

Dia Internacional de Combate às Drogas: psiquiatra fala sobre impactos no ES

O evento terá palestra do psiquiatra e professor da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Valdir Campos.

Por Redação

2 mins de leitura

em 23 de jun de 2024, às 17h24

Foto: Lucas S. Costa

Para marcar o Dia Internacional de Combate às Drogas (26 de junho), a comissão que trata do tema na Assembleia Legislativa (Ales) fará reunião extraordinária na segunda-feira (24), às 10 horas, no Plenário Judith Leão. O evento terá palestra do psiquiatra e professor da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Valdir Campos.

O médico explica que o crack segue sendo a droga que mais preocupa a saúde pública, pelo seu efeito devastador, mas alerta também para o surgimento de novas drogas sintéticas.

LEIA TAMBÉM: Novo texto de PEC garante recursos para prevenção a desastres

“No Brasil nós temos a epidemia do crack, que é a principal droga, avassaladora, que causa inúmeras consequências. O próprio Estado tem dificuldade de fazer o controle das chamadas ‘cracolândias’”, afirma o professor.

“E a cada dia surgem mais drogas, por exemplo as drogas que agora apareceram, que são derivadas da maconha. É um tipo de maconha sintética, conhecida como ‘drogas K’. Elas deixam o indivíduo parecendo um zumbi, de tão lesada que a pessoa fica (…) Quanto mais rápida a ação e o efeito da droga, maior a potência dela de gerar dependência. Como é o caso do crack, ele tem uma ação rápida, um efeito rápido”, complementa. 

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape