ads-geral-topo
Esportes

Paralimpíada: cinco capixabas estão na primeira lista de convocados

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) vai anunciar os demais nomes dos atletas convocados para Paris em mais duas datas

Por Redação

3 mins de leitura

em 26 de jun de 2024, às 15h31

Foto: Divulgação/Governo do ES

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) divulgou, nessa terça-feira (25), a primeira parte dos convocados para representar o Brasil na Paralimpíada de Paris, que acontece entre os dias 28 de agosto e 8 de setembro. Cinco capixabas estão na lista: as nadadoras Mariana Gesteira e Patricia Pereira, e o técnico Leonardo Miglinas, além dos jogadores de vôlei sentado Luiza Fiorese e Thiago Rocha.

Entre os selecionados para a Paralimpíada, Luiza Fiorese e Patricia Pereira são contempladas pelo Bolsa Atleta, e Mariana Gesteira pelo Voe Atleta, ambos programas da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport).

Leia também: Maconha liberada no futebol? Entenda se decisão do STF afeta o antidoping

“Sou muitíssimo grata à Secretaria de Esportes e Lazer por fazer parte da nossa evolução”, agradeceu Patricia Pereira, após a convocação. Esta será a terceira participação dela nos Jogos Paralímpicos. No Rio, em 2016, e em Tóquio, em 2021, a paratleta conquistou, respectivamente, medalhas de prata e bronze. Luiza Fiorese também foi medalhista em Tóquio, subindo ao pódio na terceira colocação da disputa do vôlei sentado feminino com a seleção brasileira.

Já Mariana Gesteira também vai em busca de repetir o feito conquistado na capital japonesa, quando faturou um bronze. Natural de Itaboraí, no Rio de Janeiro, a nadadora mora em Vitória desde 2020, faz sua preparação física na Academia José de Anchieta Fontana, da Sesport, e compete pela Associação Capixaba de Pessoas com Deficiência (ACPD)/Álvares Cabral, sob o comando do técnico Leonardo Miglinas, que esteve nas conquistas de Mariana Gesteira, em Tóquio, e, na de Patricia Pereira, no Rio de Janeiro.

Thiago Rocha, natural de Vila Velha, no Espírito Santo, reside em São Paulo, onde atua pelo Club Athletico Paulistano. Esta será a primeira edição de Jogos Paralímpicos dele. “Já chorei, já sorri, já sonhei com esse momento. Hoje, posso dizer eu faço parte de uma seleção brasileira e vou representar a nossa seleção na Paralimpíada de Paris”, comemorou o jogador canela-verde.

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) vai anunciar os demais nomes dos atletas convocados para Paris em mais duas datas, nos próximos dias 11 e 18 de julho.

Bolsa Atleta

O Bolsa Atleta tem como objetivo principal beneficiar atletas e paratletas de alto rendimento, com o auxílio financeiro mensal que deve ser utilizado para a manutenção dos resultados obtidos e da carreira esportiva do atleta no ano de recebimento do benefício.

Com um investimento de R$ 3,9 milhões, o edital 2024 atingiu o recorde de esportistas de alto rendimento selecionados, com 234 contemplados, 43 a mais do que no edital anterior. Serão pagos aos selecionados 12 parcelas mensais, de acordo com a categoria: estudantil (R$ 500), nacional (R$ 1.500), internacional (R$ 2 mil) e olímpico (R$ 4 mil).

Voe Atleta

O Voe Atleta, antigo Compete Esportivo, é um programa que custeia passagens de avião, com o intuito de viabilizar a participação de atletas e paratletas capixabas em competições nacionais e internacionais.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape