ads-geral-topo
Segurança

Pedreiro é preso no ES suspeito de matar ajudante a marretada em MG

A vítima foi morta após uma discussão com o suspeito por causa de alguns serviços realizados

Por Redação

3 mins de leitura

em 27 de jun de 2024, às 14h52

Foto: Polícia Civil

Um pedreiro, de 40 anos, foi preso suspeito de matar Vanderley Ferreira de Sá, de 41 anos, a golpes de marretada no município de Nanuque, no Estado de Minas Gerais. A prisão do suspeito aconteceu na última quarta-feira (26).

De acordo com a Polícia Civil, após o Serviço de Inteligência identificar o local onde estaria escondido um homicida procurado pela Justiça de Minas Gerais, equipes realizaram buscas no bairro Pinheirinho, em Pinheiros, e localizaram o pedreiro no momento em que chegava na residência.

Leia também: Homem é preso suspeito de divulgar vídeo íntimo de ex-mulher no ES

Os policiais realizaram buscas na casa e apreenderam uma espingarda calibre 12. Contra ele, havia um mandado de prisão em aberto, expedido pela Comarca de Nanuque, em Minas Gerais, pelo homicídio de Vanderley ocorrido no dia 11 de abril.

Como ocorreu o crime?

Vanderley Ferreira de Sá, de 41 anos, trabalhava como encarregado de obras para uma empresa terceirizada da Prefeitura Municipal de Nanuque, em Minas Gerais, que prestava serviços na construção de uma quadra esportiva no bairro Nações Unidas, também na cidade mineira.

O acusado também trabalhava na empresa como pedreiro. No dia dos fatos, o encarregado e o pedreiro tiveram uma discussão ríspida por conta de alguns serviços realizados. Nisso, eles entraram em luta corporal. Vanderley tentou correr para fugir das agressões, porém caiu. Foi quando o pedreiro se apossou de uma marreta e desferiu diversos golpes na cabeça de Vanderley, que veio a óbito no local. Após cometer o crime, o autor abandonou a arma no local e fugiu da cidade.

“Recebemos informações da polícia mineira revelando a possibilidade de o homicida estar escondido em Pinheiros. Com o mandado de prisão em mãos, solicitei aos policiais que realizassem diligências, e eles conseguiram identificar a casa em que o acusado estava residindo, no bairro Pinheirinho. Montamos uma operação juntamente com a Polícia Militar e realizamos a prisão dele. Foi um crime praticado com crueldade e causou grande comoção na cidade mineira”, esclarece o titular da Delegacia de Polícia (DP) de Pinheiros, delegado Jameson Amaral.

Segunda prisão

No bairro Jardim Planalto, foi realizado cerco policial em um imóvel onde estava escondido um foragido do sistema prisional, além de ser suspeito de atuar no tráfico de drogas da região.

No entanto, ao perceber a presença policial, o homem tentou fugir pulando muros e telhados, mas acabou detido. Na residência dele, os policiais encontraram uma submetralhadora calibre 380, três buchas de maconha, além de R$ 400,00 em espécie e material para embalo das drogas.

Os detidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Pinheiros para procedimentos de praxe e, posteriormente, levados ao sistema prisional, onde permanecem à disposição da Justiça.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape