ads-geral-topo
Segurança

Polícia investiga morte de mulher no ES após peeling de fenol

Familiares da vítima contaram que a mulher relatava estar vivendo problemas espirituais e psicológicos, e que há algumas semanas ela teria feito um procedimento estético com peeling de fenol

Por Redação

2 mins de leitura

em 27 de jun de 2024, às 17h09

Foto: Aqui Notícias

A Polícia Civil está investigando se a morte de uma mulher, de 39 anos, foi provocada pelo uso do produto peeling de fenol. O corpo da vítima foi encontrada dentro de casa no bairro Goiabeiras, em Vitória, no último dia 19.

De acordo com a Polícia Militar, familiares da vítima contaram aos miliatares que a mulher, de 39 anos, relatava estar vivendo problemas espirituais e psicológicos, e que há algumas semanas ela teria feito um procedimento estético com peeling de fenol.

Em nota, a Polícia Civil informou que a Perícia Científica foi acionada e, no exame perinecroscópico, realizado no local do crime, não foi possível determinar a causa da morte, devido ao avançado estado de decomposição do corpo.

Leia também: Taxista é preso transportando drogas em cidade do Sul do ES

O corpo da vítima foi encaminhado ao Departamento Médico Legal (DML) de Vitória para ser necropsiado e para a realização do exame cadavérico, que determinará a causa da morte. Posteriormente, liberado para os familiares.

Polícia aguarda resultado de exames

De acordo com a legislação, o prazo para a emissão do laudo pericial é de 10 dias, podendo este prazo ser prorrogado a requerimento dos peritos. “Em situações que requerem exames laboratoriais, o processo pode levar mais tempo, especialmente quando são necessários exames de DNA (até 30 dias), exames toxicológicos amplos e exames histopatológicos, um procedimento laboratorial que envolve a análise microscópica de tecidos biológicos (entre 60 a 90 dias)”, diz a Polícia Civil.

Ainda, a Polícia Civil informa que o caso foi registrado como encontro de cadáver e o procedimento foi encaminhado à Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Mulher (DHPM), que aguarda o resultado dos exames da Polícia Científica. Para que a apuração seja preservada, nenhuma outra informação será repassada.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape