ads-geral-topo
Economia

Presidente da Findes vai à Rússia debater indústria brasileira e global

Cris Samorini é uma das participantes de evento realizado por grupo econômico, formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul

Por Redação

4 mins de leitura

em 01 de jun de 2024, às 14h31

Foto: Divulgação/Findes

A presidente da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), Cris Samoniri, embarca para Moscou, na Rússia, no final deste mês, para representar a Confederação Nacional das Indústrias (CNI) e a Findes, em evento do BRICS.

Leia também: Capixabas usam experiências pessoais para moldar negócios e empreender

O grupo econômico é formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. A participação acontece no Fórum de Empreendedorismo Feminino (BRICS Women’s Entrepreneurship Forum), realizado de 2 a 4 de junho.

As estatísticas do BRICS+ confirmam o aumento do número de mulheres que ocupam posições de destaque no setor industrial. Cris participará do painel The Female Face of Industry in the BRICS, “A Face Feminina da Indústria”, em tradução livre, que busca discutir estratégias avançadas e soluções inovadoras para promover o empreendedorismo das mulheres no setor industrial, além de compartilhar as melhores práticas e experiências de gestão na área da indústria.

“Estou honrada com o convite para representar a CNI e a Findes no BRICS Women’s Entrepreneurship Forum. Será enriquecedor debater, ao lado de mulheres de diferentes setores e continentes, a indústria brasileira e global. É fundamental estimularmos a participação feminina em posições de liderança e nas diversas áreas de negócios nos mercados nacional e internacional”, afirma Cris. A sessão será mediada por Liudmila Shcherbakova, presidente do Velpharm Group e head do Grupo de Trabalho do Capítulo Russo da BRICS WBA sobre Saúde.

Cris completou que é importante o engajamento nas atividades propostas pela Aliança Empresarial de Mulheres do BRICS+ (BRICS WBA). “Como o Brasil será o país sede do BRICS em 2025, nossa participação reforça a reciprocidade durante as ações a serem realizadas durante a presidência brasileira”.

No Brasil, entre 2008 e 2021, a participação das mulheres em cargos de gestão da indústria passou de 24% para 31,8%, segundo dados do Observatório da Nacional da Indústria, da CNI.

Sobre o evento

A Aliança Empresarial de Mulheres do BRICS+ (BRICS WBA) foi proposta no primeiro Congresso Internacional de Mulheres da Organização de Cooperação de Xangai e dos estados membros do BRICS, em 4 de julho de 2017, e foi criada em 2020. O intuito é promover a participação econômica feminina e fomentar a cooperação em negócios liderados por mulheres nos países participantes do BRICS.

Junto com a presidente da Findes, estarão na sessão do BRICS+ as seguintes lideranças femininas mundiais:

  • Liu Wenjing, presidente da Blue Sail Medical (China)
  • Deng Lanhua, representante chefe do escritório da Triangle Tyre (China)
  • Dr. Yomna Elsheridy, presidente da Business Women of Egypt 21 e CEO da Special Food industry International (Egito)
  • Rebecca Yohannes Aldo, diretora-geral da Nopailu Trading PLC (Etiópia)
  • Poonam Bafna, proprietária da Dreamz Solitair (India)
  • Shella Maela, CEO da Maela Holdings (South Africa)

Os temas de interesse do BRICS+ são: realizar curadoria de conteúdo sobre mulheres empreendedoras para eventos de negócios, capacitar mulheres em ciência, tecnologia, engenharia e matemática, trocar boas práticas sobre soluções tecnológicas e digitais, investimentos, treinamento e qualificação de agentes de saúde, entre outros.

O Brasil tem como liderança no BRICS+ o grupo Band. A presidente do Fórum Nacional de Mulheres Empreendedoras (FNME) no Brasil, Mônica Ribeiro, adiantou que o próximo encontro terá como sede Brasília, no Distrito Federal.

As frentes de trabalho dos outros países no BRICS+ são:

Rússia: A Global Rus Trade é uma plataforma B2B destinada aos países do BRICS;

Índia: A Federação das Câmaras de Comércio e Indústria da Índia (FICCI) é uma associação comercial que defende interesses com os formuladores de políticas e a comunidade de negócios internacional;

China: O Conselho Chinês para a Promoção do Comércio Internacional (CCPIT) é uma agência de promoção de comércio internacional e investimentos que desenvolve cooperação;

África do Sul: O BRICS WBA South African Chapter é uma entidade constituída para gerir a seção sul-africana da BRICS WBA.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape