ads-geral-topo
Saúde e Bem-estar

Saúde: Cachoeiro reforça ações de combate a dengue em festa da cidade

A edição 2024 da Festa de Cachoeiro estará repleta de atrações para todos os públicos

Por Redação

4 mins de leitura

em 27 de jun de 2024, às 17h44

Foto: Márcia Leal/PMCI

A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) de Cachoeiro está realizando uma ação especial de combate ao mosquito Aedes aegypti, no Parque de Exposição “Carlos Caiado Barbosa” e imediações, devido às atividades da Festa de Cachoeiro.

Leia também: Servidores de Cachoeiro promovem capacitação em Presidente Kennedy

Com a aplicação do inseticida Ultra Baixo Volume (UBV) pesado, popularmente conhecido como fumacê, as equipes de combates a endemias visam eliminar possíveis focos do mosquito no entorno do Parque, onde é esperado grande circulação de pessoas, neste fim semana.

A subsecretária de Assistência e Vigilância da Semus, Lara Coelho Speretto, explica que se trata de uma ação complementar às estratégias de combate à dengue no município, que contribuiu, nas últimas semanas, para uma queda de 77% nos números de casos confirmados.

Fluxo de pessoas

“Devido ao fluxo de pessoas que vão circular no Parque de Exposição durante a festa de Cachoeiro, estamos realizando uma ação preventiva com o intuito de neutralizar qualquer possibilidade de circulação do vírus e, consequentemente, evitar o surgimento de novos dos casos, uma vez que temos alcançado números tão expressivos de redução de casos por meio do trabalho realizado pelos agentes de endemias, juntamente com cada supervisor de campo e a gerência da vigilância ambiental, que, com conhecimento técnico, tem dado o direcionamento adequado as ações de prevenção e controle do vetor da dengue”, explica.

Para a manutenção do controle do Aedes Aegypti, transmissor da dengue e outras arboviroses, a Prefeitura de Cachoeiro, por meio Semus, realiza um trabalho permanente de vigilância e combate ao mosquito, com a atuação dos agentes de endemias e o emprego de ações volantes com uso de termonebulizadores e bombas costais para eliminar focos de reprodução do inseto.

“Estamos sempre acompanhando os números referentes a dengue, no município, e aplicando as estratégias necessárias de combate ao vetor de transmissão, dando prioridade às regiões que apresentam crescimento no número de casos. Hoje, o cenário epidemiológico em Cachoeiro está controlado, com uma queda expressiva nas notificações da doença”, explica o secretário municipal de Saúde em exercício, Gedson Alves.

Programação da Festa de Cachoeiro 2024

A edição 2024 da Festa de Cachoeiro estará repleta de atrações para todos os públicos. A programação inclui as tradicionais solenidades, como a recepção do Cachoeirense Ausente, a Missa de São Pedro e a Corrida de São Pedro, além de uma série de shows musicais com a participação de artistas nacionalmente conhecidos, como o cantor Dilsinho e a dupla Munhoz e Mariano. Confira a programação completa no site da Prefeitura de Cachoeiro

Cuidados com a dengue em casa

Mesmo com as ações do poder público para conter a proliferação do mosquito transmissor da dengue, a população deve ficar atenta e também fazer sua parte.

É importante observar possíveis focos do inseto, que deposita seus ovos em água parada e limpa. Além disso, é importante receber os agentes de endemias, que realizam visitas a domicílios para vistoriar e eliminar criadouros do mosquito.

Confira alguns passos para afastar o Aedes aegypti de sua casa:

  • Mantenha bem tampados: caixas, tonéis e barris de água.
  • Limpe as calhas com frequência, evitando que galhos e folhas possam impedir a passagem da água.
  • Se guardar garrafas de vidro ou plástico, mantenha sempre as bocas para baixo.
  • Proteja ralos sem tampa com telas finas.
  • Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira sempre bem fechada.
  • Não jogue lixo em terrenos baldios.
  • Não deixe a água da chuva acumular sobre a laje.
  • Encha os pratinhos ou vasos de planta com areia até a borda.
  • Se guardar pneus velhos, retire toda a água e os mantenha em locais cobertos, protegidos da chuva.
  • Lave, com frequência, com água e sabão, os recipientes usados para guardar água, pelo menos, uma vez por semana.
  • Os vasos de plantas aquáticas devem ser lavados com água e sabão, toda semana. É importante trocar a água desses vasos com frequência.
  • Quando o agente de endemias – devidamente identificado – pedir para fazer a vistoria de rotina, permita a sua entrada.
  • Se for viajar por longo período, certifique-se de que não está deixando nenhum recipiente em local onde possa acumular água.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape