ads-geral-topo
Espírito Santo

“Extremamente desesperador”, diz presidente da OAB-ES após acidente aéreo

O monomotor do modelo EMB-710C precisou parar na areia da praia devido a uma falha no motor

Por Redação

2 mins de leitura

em 11 de jul de 2024, às 15h06

Foto: Reprodução/Redes sociais

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Espírito Santo (OAB-ES), José Carlos Rizk Filho, detalhou em suas redes sociais os momentos de tensão em que passou durante um acidente aéreo, ocorrido no fim da tarde da última quarta-feira (10), na praia de Itaipuaçu, na região de Maricá, no Rio de Janeiro.

O monomotor do modelo EMB-710C precisou parar na areia da praia devido a uma falha no motor. “Estávamos sobrevoando Maricá, rumo à Niterói, sobre o mar, quando o avião parou de funcionar. Infelizmente, nessa hora bate o desespero. O piloto tentava ligar o motor, como um carro que não pega. Portanto, foi um momento extremamente desesperador. A gente pensa que vai morrer”, contou em um vídeo publicado em suas redes sociais.

Leia também: Combate a desastres: proposta relatada por capixaba garante mais de R$ 9 bi

Segundo Rizk, a expectativa era cair no mar. “Já nos preparávamos para isso, e eu estava um pouco pensativo sobre como iria sair. Isso porque eu estava no último assento e tenho 1,96 m de altura. Haja visto o impacto do mar, fiquei preocupado em como sair. Tirei o cinto já me preparando para saltar do avião. Entretanto, aqueles 4 a 5 minutos de aproximação da praia, deu resultado. Perguntei para o piloto se íamos chegar à praia, e ele disse que sim. Conseguimos caminhar em direção à praia”, continua.

Presidente da OAB-ES fala sobre acidente aéreo

Ainda de acordo com o presidente: “o piloto me mandou segurar em alguma coisa. O avião bate muito forte na areia, quica, voa de novo e quica de novo na areia. Ele não virou, só deu uma porrada, dói um pouquinho a coluna. Nos arrastamos por cerca de 400 metros na praia. Após o pouco nos deparamos com os pescadores. Graças a Deus não atingiu ninguém, somente uma vara de pescar”, conta.

No entanto, além do piloto, o avião transportava o presidente da OAB-ES, seu irmão e um cliente que estava no voo. Portanto, Rizk destacou que fisicamente todos do avião estão ilesos. “Fisicamente estamos ilesos, e emocionalmente abalados. Fiquei em estado de choque. Tenho muita fé em Deus e estou aqui para contar esse milagre”, completa.

Assista ao relato do presidente da OAB-ES sobre o acidente aéreo:

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape