ads-geral-topo
Saúde e Bem-estar

Insegurança? Conheça a síndrome do impostor e veja como evitá-la

A Síndrome do Impostor pode gerar ansiedade, estresse, tristeza e esgotamento

Por Redação

2 mins de leitura

em 05 de jul de 2024, às 11h03

Foto: Pexels

Mesmo com todos os seus esforços, você acredita não merecer o sucesso? Se a resposta à pergunta for positiva, é hora de avaliar essa autocobrança, já que esse “vilão interno” é a conhecida Síndrome do Impostor. De acordo com Caio Fontes, especialista em neurociências e em comportamento humano, a insegurança constante é a principal característica para identificar quem vive essa realidade.

Leia também: Olho Seco: doença afeta cerca de 18 milhões de brasileiros

Um estudo da KPMG aponta que 75% das executivas de todos os setores já experimentaram a Síndrome do Impostor em suas carreiras, o que acende um alerta sobre a importância de se trabalhar esse assunto, embora ela não classificada como um transtorno mental pela Organização Mundial de Saúde (OMS). “Em algum momento da vida as dúvidas sobre suas habilidades, conquistas e até mesmo sua identidade profissional aparecem, mas o problema é quando essa insegurança é persistente”, destaca Caio Fontes.

É importante destacar que a Síndrome do Impostor pode gerar ansiedade, estresse, tristeza e esgotamento. “Superar essa síndrome é um desafio real, mas enfrentá-la é a chave para alcançar seu potencial máximo”, orienta o especialista em neurociência e comportamento humano.

Dicas para derrotar a Síndrome do Impostor

Segundo Caio Fontes, autoconhecimento é poder e por isso se faz necessário que as pessoas identifiquem seus pontos fortes e trabalhem para aprimorar suas habilidades. “Quanto mais você se conhece, menos espaço a Síndrome do Impostor terá”, diz. Confira outras dicas do especialista:

  • Celebre suas vitórias: não tenha medo de reconhecer e comemorar suas realizações. Você trabalhou duro por elas!
  • Aceite elogios de coração aberto: quando alguém elogiar seu trabalho, aceite sem desmerecer. Você merece os créditos!
  • Compartilhe experiências: Muitas pessoas, inclusive as de sucesso, enfrentam a Síndrome do Impostor. Compartilhe suas experiências e descubra que não está sozinho(a)!
  • Lembre-se: ninguém sabe tudo! Todos estão em constante aprendizado. Não se cobre por não saber tudo, e sim por estar disposto a aprender.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape