ads-geral-topo
Espírito Santo

Olimpíada de História: estudantes do ES são convocados para final

A 16ª edição da ONHB contou com número recorde de inscritos, com 51,2 mil grupos. A participação ocorre em equipes formadas por um professor de História e três estudantes do Ensino Fundamental (8º e 9º anos) ou Médio de escolas públicas e particulares.

Por Redação

2 mins de leitura

em 03 de jul de 2024, às 17h20

Foto; Gov ES

Um total de 340 equipes de todos os estados do país foram convocadas para a grande final da 16ª edição da Olimpíada Nacional em História do Brasil (ONHB), que será realizada nos dias 24 e 25 de agosto, na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

A 16ª edição da ONHB contou com número recorde de inscritos, com 51,2 mil grupos. A participação ocorre em equipes formadas por um professor de História e três estudantes do Ensino Fundamental (8º e 9º anos) ou Médio de escolas públicas e particulares.

LEIA TAMBÉM: Saúde: secretário apresenta números do primeiro quadrimestre no ES

A ONHB é disputada em seis fases que acontecem no formato on-line, que foram realizadas entre maio e junho. Com um formato original, cada etapa da Olimpíada tem uma semana de duração e prevê questões de múltipla escolha e realização de tarefas. A proposta é que as equipes pesquisem e discutam as questões apresentadas, tendo, assim, a oportunidade de aprender durante a participação.

Para a fase final, as equipes finalistas realizarão uma prova dissertativa no sábado (24/8), e no domingo (25/8) participarão da cerimônia de premiação, na qual serão entregues as medalhas de ouro, prata e bronze.

Conforme previsto no regulamento, a coordenação da ONHB garantiu a representatividade de todos os estados na final. Dessa forma, foram convocadas, para cada estado, equipes dos ensinos Fundamental e Médio e, pelo menos, duas equipes de escolas públicas.

Na final, estudantes que tiverem interesse poderão fazer uma “Prova Individual”, para a qual devem se inscrever. De acordo com o desempenho e caso venham a ser medalhistas junto com suas equipes, estarão aptos a participar do edital “Vagas Olímpicas”, da Unicamp, e concorrer à vaga no curso de graduação em História da Universidade sem a realização do vestibular.

Sobre a ONHB

O projeto é realizado com apoio do Departamento de História da Unicamp, da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proec), do Serviço de Apoio ao Estudante (SAE) da Unicamp, da Associação Nacional de História (Anpuh) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Conta também com a participação de docentes universitários, alunos de graduação, mestrandos e doutorandos.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape