ads-geral-topo
Segurança

Operação prende cinco suspeitos com armas e drogas no Espírito Santo

A operação tinha o objetivo de cumprir mandados de busca expedidos pela Justiça

Por Redação

4 mins de leitura

em 06 de jul de 2024, às 12h07

Foto: Divulgação

A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio da Delegacia de Polícia (DP) de Rio Bananal, com apoio da equipe K9 do 12º Batalhão da Polícia Militar do Espírito Santo (PMES), realizou no início da noite desta sexta-feira (5), uma operação policial em diversos pontos da cidade de Rio Bananal.

A operação tinha o objetivo de cumprir mandados de busca expedidos pela Justiça. Durante a ação, foram detidos cinco suspeitos e apreendidos armas, munições diversas, drogas, dinheiro, balança de precisão e celulares.

Leia também: Ibatiba: suspeitos de invadir casa e deixar prejuízo de R$ 8 mil são presos

A operação contou com o apoio de policiais civis da Superintendência de Polícia Norte (SPRN), da 16ª Delegacia Regional de Linhares e da Delegacia de Polícia (DP) de Sooretama.

Segundo o chefe da 16ª Delegacia Regional de Linhares, delegado Fabrício Lucindo, as residências alvo dos mandados de busca foram cercadas, impedindo a fuga dos criminosos. “Nos últimos dois meses, 17 traficantes de Rio Bananal foram presos em operações da Polícia Civil”, destacou.

Na Vila de São Francisco, zona rural de Rio Bananal, a equipe realizou a prisão de um homem de 30 anos. Durante a busca, foram encontrados um revólver calibre .38 com numeração raspada e munições, R$ 366 reais em espécie, 11 gramas de cocaína e 14 gramas de crack. Além disso, foi encontrado um mandado de prisão preventiva em aberto contra o suspeito, pela prática do crime de tráfico de entorpecentes, na comarca de Canavieiras, Bahia.

De acordo com a PC, ele estava sendo investigado há meses pela Polícia Civil, devido ao seu envolvimento com o tráfico de drogas na região. Ele foi encaminhado à 16ª Delegacia Regional de Linhares, onde foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e tráfico de entorpecentes, sendo posteriormente encaminhado à Penitenciária Regional de Linhares (PRL).

Em outra ação, ao realizar o cerco a uma residência na comunidade de São Francisco, zona rural de Rio Bananal, os policiais visualizaram um rifle através da janela aberta de uma casa vizinha. Na verificação da identidade do morador, constatou-se que havia um mandado de prisão civil em aberto contra ele por pensão alimentícia. Durante a busca, os policiais encontraram um revólver calibre .38 com 5 munições escondido em um guarda-roupa. Ele foi encaminhado à Penitenciária Regional de Linhares (PRL).

Na sequência, já na região do Morro do Cordeiro, em São Sebastião, Rio Bananal, os policiais prenderam uma mulher de 41 anos. Durante a busca, foi encontrado dentro do quarto um papelote com resquícios de substância análoga à cocaína, que a moradora admitiu ser de sua propriedade, afirmando ser usuária de drogas. No entanto, nada mais ilícito foi encontrado dentro do imóvel.

Na área externa, a equipe K9 localizou uma quantidade significativa de substância análoga à maconha enterrada no quintal. Segundo a equipe, a mulher é suspeita de realizar comércio ilícito de entorpecentes há muitos anos, e há indícios de que utiliza a residência e seus filhos para facilitar o tráfico. Na Delegacia, ela assinou um termo circunstanciado (TC) por posse de drogas para consumo próprio, sendo liberada após assumir o compromisso de comparecer em juízo.

Por fim, no Córrego São Francisco em Rio Bananal, os policiais prenderam dois irmãos, de 23 e 20 anos, suspeitos de gerenciarem o tráfico de drogas na região. Durante a busca na residência, foram encontradas substâncias análogas a drogas, uma balança de precisão e R$ 1.000,00 reais em espécie. Em uma varredura no quintal da casa, o cão K9 localizou mais drogas, um revólver calibre 38 e uma pistola calibre 380, além de munições escondidas.

Segundo as investigações, os suspeitos utilizavam a residência e áreas de mata ao redor para esconder armas e drogas, facilitando o tráfico na região. Os irmãos foram encaminhados à 16ª Delegacia Regional de Linhares, onde foram autuados em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e munições, tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas, sendo posteriormente encaminhados à Penitenciária Regional de Linhares (PRL).

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape