ads-geral-topo
Esportes

Vasco vence a terceira seguida e quebra tabu contra o Corinthians

Com o discurso de pés no chão e jogadores ligados na mesma sintonia, o Vasco tem se mostrado acima de tudo uma equipe mais madura

Por Redação

3 mins de leitura

em 11 de jul de 2024, às 09h31

Foto: Matheus Lima/Vasco da Gama

O Vasco da Gama, comandado pelo técnico interino Rafael Paiva, vive seu melhor momento na temporada. A vitória por 2 a 0 sobre o Corinthians nesta quarta-feira (10), a terceira consecutiva no Campeonato Brasileiro, serve para consolidar a reação da equipe dentro da competição.

A guinada no Campeonato Brasileiro distanciou de vez a equipe da zona de rebaixamento. Oito longos pontos separam a equipe do próprio Corinthians, que no momento é o primeiro clube no Z-4 com 12 pontos. E permite ao Vasco olhar para cima na tabela com novos objetivos no horizonte.

Leia também: Cruzeiro e Fortaleza vão jogar em solo capixaba pelo Brasileirão

Com o discurso de pés no chão e jogadores ligados na mesma sintonia, o Vasco tem se mostrado acima de tudo uma equipe mais madura. Por isso, foi buscar o empate no clássico contra o Botafogo esses dias, não se afobou quando a bola demorou a entrar contra o Fortaleza e foi buscar a vitória sobre o Inter, dentro do Beira-Rio, mesmo com o desfalque de cinco jogadores considerados titulares.

Vasco e Corinthians

Com Praxedes escalado como o homem mais adiantado no meio de campo, o Vasco começou melhor em São Januário. Quase bateu 70% de posse de bola em um determinado momento do primeiro tempo. Embora só conseguisse espaço para finalizações de fora da área.

O Corinthians respondia com estocadas em contra-ataque que incomodavam e teve suas chances com Bidu, que tirou tinta da trave em chute de dentro da área, e Igor Coronado, que marcaria um bonito gol de falta se Léo Jardim não voasse no ângulo para espalmar.

O Vasco voltou do intervalo sem alterações, mas com a postura de quem estava disposto a liquidar a parada. Foi circulando a bola no ataque, da direita para a esquerda, depois para a direita de novo. Até Hugo Moura acertar um lançamento preciso para Lucas Piton, que dominou já tirando Romero da marcação e bateu com muita categoria no cantinho de Matheus Donelli.

A partir daí, o Vasco jogou mais leve em campo. Mesmo com o gol cedo, não fez cerimônia para tirar o pé do acelerador em alguns momentos para tentar administrar a vantagem.

Em nenhum momento o Corinthians pareceu ameaçar a vitória do Vasco, que tratou de fechar a tampa do caixão em cobrança perfeita de falta de Sforza. Era o que faltava para levar São Januário abaixo e o Vasco garantir mais três pontos e a 10ª colocação na tabela de classificação.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape