ads-geral-topo
Política

Assembleia do Espírito Santo abrirá estágio para estudantes de libras

O Poder Legislativo capixaba possui um contrato de prestação de serviço que garante a tradução em libras nas sessões ordinárias da Casa

Por Redação

em 05 de set de 2023, às 14h15

2 mins de leitura

Foto: Divulgação | Assessoria do deputado

O presidente da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales), deputado Marcelo Santos (Podemos), recebeu, nesta segunda-feira (4), representantes do curso de libras da Universidade Federal do Espírito Santo e da Associação dos Profissionais Tradutores Intérpretes de Língua Brasileira de Sinais (Apiles), para discutir o maior aproveitamento dos estudantes que fazem bacharelado em Libras, em vagas de estágio no Poder Legislativo.

A Assembleia possui um contrato de prestação de serviço que garante a tradução em libras nas sessões ordinárias da Casa. “Nós vamos formalizar a prática do estágio supervisionado dos alunos para ajudar na formação desses profissionais e tornando com isso o Poder Legislativo ainda mais inclusivo. A nossa meta é que a Assembleia Legislativa seja a mais inclusiva do Brasil”, afirmou o presidente Marcelo Santos.

O curso de libras da UFES está completando 10 anos de existência. Por ano, são abertas 30 vagas de graduação no curso de libras que tem duração de 4 anos. De acordo com a coordenadora do curso de letras libras, Jeffa Santana, a efetivação do estágio é de extrema importância uma vez que a comunidade surda no Espírito Santo, de acordo com dados do Censo de 2010, é de 150 mil habitantes.

Além do estágio, acessibilidade da casa e concurso público foram outros temas discutidos nesse encontro. O presidente Marcelo Santos se comprometeu a ampliar esse debate garantindo inclusão dos surdos nas atividades do Poder Legislativo.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape