ads-geral-topo
Sustentabilidade e Meio Ambiente

Assistência rural: capacitação visa ajudar pequenos produtores no ES

Após as fases de diagnóstico e mapeamento de interessados, o projeto entrou na fase de capacitação e assistência técnica.

Por Redação

em 07 de nov de 2023, às 16h38

2 mins de leitura

Foto: Senar

O projeto “Arranjos Produtivos” realizou mais um dia de formação com foco na agricultura e sustentabilidade. A capacitação envolve 50 técnicos que vão prestar assistência a pequenos agricultores de 23 cidades capixabas. A iniciativa é da Casa dos Municípios da Assembleia Legislativa (Ales).

Após as fases de diagnóstico e mapeamento de interessados, o projeto entrou na fase de capacitação e assistência técnica. Segundo a diretora da Casa dos Municípios, Joelma Costalonga, a atuação dos técnicos vai potencializar a produção local.

“Para o produtor rural cadastrado no projeto, os benefícios são muitos. Ele vai conhecer melhor a sua terra, fazer uma análise de solo, entender como diversificar a produção, como potencializar a renda com menos trabalho. E o técnico vai preparar o produtor para receber as mudas que fazem parte do projeto, que contempla formação,  entrega das mudas, assistência técnica e até entrega de alguns pequenos equipamentos posteriormente”, explicou.  

Rede de cooperação

A principal ideia por trás dos arranjos produtivos é criar uma rede de cooperação entre os diferentes atores com foco na capacitação, no estímulo à competitividade e no desenvolvimento de cadeias produtivas da produção até a comercialização. Os arranjos produtivos também facilitam o acesso a linhas de créditos e ajudam a atrair investimentos. 

Segundo Costalonga, os municípios que não participaram da iniciativa poderão fazê-lo em um novo ciclo, já que o projeto em curso não está admitindo novos técnicos para formação. 

“Nós fechamos com 23 municípios e fizemos quase todos os seminários. Nesses seminários fizemos o levantamento da quantidade de mudas e as diversificações de produção. Esse momento é o de tratar, com muita responsabilidade, aqueles que entraram no projeto e que estão caminhando conosco. Em um segundo momento, para o próximo ano, vamos pensar em novos ciclos, porque temos a pretensão de expandir o projeto”, disse a diretora da Casa dos Municípios.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape