ads-geral-topo
Economia

Espírito Santo é o Estado com melhor índice de poupança do Brasil

No Espírito Santo, a poupança corrente é de 17,5%, a maior do Brasil. O índice é superior à média dos Estados, que é de 7%

Por Redação

3 mins de leitura

em 29 de fev de 2024, às 14h30

Foto: Divulgação

O Espírito Santo é o Estado com a melhor relação entre receitas e despesas correntes do País. A conclusão, no entanto, é da pesquisa Compara Brasil, da Aequus Consultoria, que reúne dados sobre as finanças dos municípios, dos estados e da União, com base em fontes oficiais, como a Secretaria do Tesouro Nacional (STN), a Receita Federal do Brasil (RFB) e as secretarias de Fazenda.

Em suma, no Espírito Santo, a poupança corrente é de 17,5%, a maior do Brasil. Aliás, o índice é superior à média dos Estados, que é de 7%. No entanto, na média, os estados utilizaram, em 2023, 93% das suas receitas para pagar as despesas; já no Espírito Santo, o comprometimento da receita foi de 82,5%. Portanto, a pesquisa mostra, ainda, que apenas dez unidades da federação fecharam 2023 com o indicador de poupança corrente acima de 10%.

Leia também: Agora vem? Instituto emite alerta de chuva e ventos intensos em todo o ES

“Portanto, esse resultado atesta a excelente saúde financeira do Espírito Santo e a responsabilidade e equilíbrio na gestão dos recursos públicos. Ter um alto índice de poupança indica que o Estado tem capacidade de honrar seus compromissos e destinar recursos próprios para investimentos, que geram qualidade de vida para o cidadão”, ressaltou o secretário de Estado da Fazenda, o auditor fiscal Benicio Costa.

Contudo, o secretário de Estado da Fazenda lembra que o Espírito Santo é o único Estado Nota A na avaliação sobre a Capacidade de Pagamento dos Estados e Municípios (Capag) da Secretaria do Tesouro Nacional há 12 anos consecutivos. “No entanto, além disso, o índice de endividamento líquido do Estado permanece negativo há dois anos, com recorde em torno de -7 registrado em 2023”, destacou Benicio Costa. 

Índice de poupança

“Em suma, o equilíbrio entre receitas e despesas demonstra a responsabilidade com que o Governo lida com o recurso público. No entanto, uma gestão equilibrada e transparente, que garantiu que sejamos, mais uma vez, destaque nacional em responsabilidade fiscal, com a melhor poupança corrente do País”, pontuou o secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc.

Aliás, o secretário de Estado de Economia e Planejamento salientou ainda os constantes resultados para a população. “Contudo, o Governo do Estado realizou, no ano de 2023, o maior volume de investimentos da história do Espírito Santo. Sobretudo, foram R$ 4,2 bilhões em despesas pagas no ano, fortalecendo e ampliando, a cada ano, as entregas e a consequente melhoria da qualidade de vida dos capixabas”, frisou.

Índice de Poupança Corrente

Média dos Estados: 7%

  • ES: 17,5%
  • MT: 14,9%
  • PB: 14,7%
  • AP: 13,8%
  • GO: 13,2%
  • RO: 12,4%
  • SE: 10,7%
  • MS: 10,7%
  • SC: 10,7%
  • MA: 10,5%
  • DF: 9,9%
  • PR: 9,5%
  • PA: 9,5%
  • BA: 7,7%
  • TO: 7,7%
  • RS: 7,6%
  • RR: 6%
  • RJ: 5,9%
  • PI: 5,9%
  • MG: 5,8%
  • AL: 4,5%
  • СЕ: 3,9%
  • RN: 3,7%
  • SP: 3,5%
  • AC: 3,3%
  • PE: 2,6%
  • AM: 2,1%

Fonte: Compara Brasil, da Aequus Consultoria

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape