ads-geral-topo
Espírito Santo

Ações de inclusão para pessoas com Síndrome de Down no ES; veja

Em comemoração ao Dia Mundial da Síndrome de Down, 21 de março, voluntários promoveram ações do bem na comunidade para conscientizar a população

Por Redação

4 mins de leitura

em 21 de mar de 2024, às 11h27

Foto: Divulgação autorizada pelos responsáveis

Em uma demonstração de solidariedade e inclusão, jovens adventistas da região metropolitana e sul do Espírito Santo uniram forças e realizaram atividades de conscientização em apoio às pessoas com Síndrome de Down.

Esta iniciativa, realizada com o objetivo de oferecer uma mensagem de esperança a um mundo caracterizado pela vida agitada, busca não apenas promover, mas também ressaltar a importância da aceitação, empatia e convivência de toda a comunidade.

Leia também: Pessoas com Síndrome de Down têm mais tendência a problemas oculares

“Pais encontram apoio e esperança ao verem seus filhos incluídos e amados. O movimento busca conscientizar sobre a importância de dar atenção e reconhecimento às pessoas com Síndrome Down. Cada pessoa é vista como um presente especial, trazendo alegria e inspiração por onde passa”, destacou Jamyl Lourenço, pai de Pietro com Síndrome de Down.

A ação abraçou uma série de atividades, desde momentos de interação até a distribuição em massa do livro “O Grande Conflito”, visando não apenas a inclusão social, mas também o fortalecimento de valores espirituais. Uma das ações mais marcantes foi a participação dos jovens no movimento das meias coloridas, como forma de conscientizar o “Dia Mundial da Síndrome de Down”, comemorado todos os anos no dia 21 de março. Esses jovens, junto com uma equipe de louvor e banda, levaram a mensagem às ruas, posicionando-se em um sinal de trânsito. Enquanto entoavam canções, distribuíam folhetos, água mineral e exemplares do livro

Dia Internacional da Síndrome de Down

Pietro e seus pais em ação de conscientização do Dia Internacional da Síndrome de Down. Foto: Arquivo Pessoal

Proposta pela Organização das Nações Unidas (ONU). A campanha ocorre em lembrança à data de 21 de março, Dia Internacional da Síndrome de Down, e o objetivo é destacar a dignidade inerente, o valor e as contribuições que as pessoas com Síndrome de Down possuem como promotoras do bem-estar e da diversidade de suas comunidades. A data escolhida representa a triplicação (trissomia) do 21º cromossomo que causa a síndrome.

Patrícia Lourenço, mãe de Pietro Lourenço, 05 anos, que tem Síndrome de Down, expressa sua felicidade ao ver seu filho sendo lembrado com amor. “Meu sentimento é de imensa felicidade, ao perceber que meu filho é lembrado com carinho por pessoas próximas e, principalmente, ao redor do mundo. Sinto-me realizada como mãe, pois aqueles que o conhecem sabem que amor e carinho não lhe faltam”, compartilhou.

Meias diferentes!

Originado na Suécia em 2015 pela Swedish National Down Syndrome Association e ganhando reconhecimento global desde então. O gesto simples celebra a individualidade e a diversidade das pessoas com Síndrome de Down.

A inspiração para esta ação veio de Nathea, uma jovem de 10 anos, que lançou um apelo nas redes sociais para que as pessoas postassem fotos usando meias diferentes em celebração ao Dia Internacional da Síndrome de Down. Nathea, que tem uma irmã mais velha com Síndrome de Down, ressaltou a importância de aceitar e valorizar as diferenças. “As pessoas acham que quem tem Síndrome de Down é diferente”, disse Nathea. “Sim, minha irmã é diferente, mas ser diferente é bom e engraçado.”

Distribuição de materiais

Desde o ano passado, milhões de cópias de uma das obras mais importantes do cenário cristão têm sido distribuídas gratuitamente pelo mundo. O Grande Conflito é o livro designado para a campanha de 2023 e 2024 do Impacto Esperança, uma iniciativa da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Que assim, propõe a entrega massiva de livros com mensagens relevantes para a sociedade atual.

Contudo, esta obra, traduzida para mais de 80 idiomas e com mais de 32 milhões de cópias impressas em português e espanhol apenas para a América do Sul. Destaca o alcance e a importância dessa campanha global. O livro oferece uma perspectiva histórica e profética sobre questões existenciais fundamentais, além de fornecer insights sobre a importância da responsabilidade ambiental e espiritual.

“O Grande Conflito” é uma iniciativa do Impacto Esperança da Igreja Adventista do Sétimo Dia, refletindo o compromisso da comunidade em fornecer mensagens de fé, conforto e esperança para todos. No Centro-Sul do Espírito Santo, 265 mil unidades do Impacto Esperança serão distribuídas, no próximo sábado, 23 de março, incluindo 1.280 nesta iniciativa dos jovens. O livro está disponível para download gratuito no site adv.st/impactoesperanca, juntamente com recursos adicionais e informações sobre a campanha.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape