ads-geral-topo
Saúde e Bem-estar

Hospital Evangélico de Cachoeiro reforça a necessidade da doação de sangue

Durante esse período, o hospital chama atenção à doação de sangue, uma ação solidária realizada de forma rápida e segura

Por Redação

4 mins de leitura

em 04 de jun de 2024, às 15h43

Foto: Divulgação

A campanha Junho Vermelho realizada pelo Banco de Sangue do Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim (Heci) busca conscientizar a população sobre a importância da doação de sangue. Durante esse período, o hospital chama atenção à doação de sangue, uma ação solidária realizada de forma rápida e segura. Vale ressaltar que uma única doação é capaz de salvar até quatro vidas.

Segundo o biomédico do Banco de Sangue do HECI, Lucas Pereira, é preciso que os doadores sejam regulares a fim de atender às diversas demandas.   “A necessidade de sangue é uma questão diária, somos responsáveis pela demanda do próprio hospital além de outros 15 hospitais do Sul do Estado. O sangue é vital para tratamentos e intervenções de emergência, auxiliando pacientes com condições de risco de morte e sustentando procedimentos médicos e cirúrgicos complexos”.

Leia também: Comer 1 ovo cozido por dia, sabe o que acontece com o seu corpo?

De acordo com os dados do Banco de Sangue do Heci, há uma significativa escassez de bolsas de sangue de vários tipos. “O estoque muda diariamente, atualmente estamos com o estoque de A negativo zerado, com apenas uma bolsa de AB negativo, 22 bolsas de A positivo e quatro bolsas de O negativo”.

Uma doação, quatro vidas      

Cada bolsa de sangue doada é separada em diferentes componentes (hemácias, plaquetas e plasma) e assim poderá beneficiar mais de um paciente com apenas uma unidade coletada. Uma doação pode salvar até quatro vidas.

“Estamos buscando parcerias com empresas e órgãos governamentais para incentivar à doação de sangue. É preciso que as pessoas sejam doadoras regulares para mantermos os serviços”, ressalta Lucas.

Nova tecnologia

No último mês, o Banco de Sangue passou a contar com um novo equipamento para auxiliar na triagem, um dispositivo não invasivo de biosinais, aparelho que verifica os níveis de hemoglobina sem a necessidade de coleta de sangue.

A aquisição do equipamento está em consonância com as novas tecnologias que envolvem a doação de sangue.

“Com o aparelho a gente analisa hematócrito, hemoglobina, frequência cardíaca e pressão arterial. É só colocar o dedo no aparelho que, de forma indolor, é possível quantificar níveis de hemoglobina e hematócrito, entre outros. Essa medição é feita através da emissão de luz infravermelha e uma câmera capaz de captar essa luz com interação no tecido biológico, processando e gerando dados confiáveis sobre os sinais vitais.” afirma Lucas.

Quem pode doar?

Pessoas entre 16 e 69 anos e pesar mais do que 50 quilos. Menor de idade deve ter possuir o termo de consentimento formal assinado pelo responsável legal. Já quem tem mais de 60 anos só pode fazer a doação se já tiver histórico de doação. É importante estar alimentado e, aguardar no mínimo duas horas para procurar o serviço se for depois do almoço. O interessado deve apresentar um documento original com foto, preencher um cadastro e, em seguida, passar por triagem.

A orientação é para que os grupos façam um agendamento para que os colaboradores consigam organizar o espaço e evitar aglomerações.

Solidariedade

Tradicionalmente o Banco de Sangue do Hospital Evangélico de Cachoeiro promove ações que chamam a atenção da população para a importância da doação. Foi assim no dia 18 de maio, 30 mulheres do projeto ‘Meu Sangue Salvando Vidas, de Ibitirama-ES, que puderam salvar diversas vidas com este ato generoso.

Doador regular desde o ano de 2012, o colaborador do Heci, João Pereira de Almeida, não abre mão do gesto solidário. Ao todo, ele já realizou 37 doações. “Sou doador há muitos anos. Enquanto Deus me der vida e saúde, eu estarei aqui doando´´, relata com alegria.

Endereço do Banco de Sangue Heci

O Banco de Sangue do Hospital Evangélico de Cachoeiro funciona no prédio da Unidade de Oncologia Clínica I, ao lado do Hospital, no subtérreo, no Ferroviários, em Cachoeiro. Com funcionamento de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h e sábado, das 7h às 11h.

Para mais informações, basta enviar uma mensagem de texto pelo WhastApp e falar com a assistente virtual EVA no número (28) 98803-4543, na opção Banco de Sangue ou ligar para (28) 3526-6232.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape