ads-geral-topo
Segurança

Polícia Civil prende suspeito de ser mandante de homicídio no ES

Durante cumprimento de mandado de busca e apreensão na residência do investigado, a possível arma utilizada no crime foi encontrada

Por Redação

2 mins de leitura

em 26 de jun de 2024, às 12h26

Foto: Divulgação/PCES

A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio da Delegacia de Polícia (DP) de Afonso Cláudio, deu cumprimento a um mandado de busca e apreensão domiciliar em uma residência localizada no bairro João Valim, no município de Afonso Cláudio. A ação ocorreu nessa terça-feira (25).

Leia também: PM apreende drogas e espingarda dentro de quitinete em Cachoeiro

A medida cautelar foi representada pelo titular da DP de Afonso Cláudio, delegado Julio Cesar Cortina, no âmbito do inquérito policial que investiga um homicídio ocorrido na cidade no dia 13 de abril deste ano, no bairro João Valim, em Afonso Cláudio. “Durante as investigações, a equipe colheu depoimentos de testemunhas e outros elementos de informação que corroboraram com o pedido da medida cautelar”, informou o delegado Julio Cesar Cortina.

Segundo a PCES, nas buscas, foram localizados e apreendidos dois revólveres, sendo um de calibre 22 e o outro de calibre 38, ambos com numeração suprimida, além de 21 munições de calibre 22 e 34 munições de calibre 38. O celular do proprietário do imóvel também foi apreendido.

A investigação aponta que o indivíduo, de 68 anos, seria o mandante do homicídio investigado, inclusive o filho do suspeito está preso preventivamente por uma tentativa de homicídio contra a mesma vítima no mês de janeiro deste ano.

“O executor do crime também já foi interrogado na unidade policial de Afonso Cláudio, sendo reconhecido por uma testemunha. A possível arma utilizada no crime foi apreendida no imóvel do investigado nessa terça-feira (25)”, explicou o delegado Julio Cesar Cortina.

O indivíduo de 68 anos foi conduzido à Delegacia de Polícia de Afonso Cláudio, onde foi autuado em flagrante por posse irregular de arma de fogo e porte irregular de arma de fogo de uso restrito. Após os procedimentos de praxe, ele foi encaminhado ao sistema prisional.
As investigações agora aguardam o resultado do exame balístico para finalizar o inquérito policial e remeter ao Poder Judiciário.

Receba as principais notícias do dia no seu WhatsApp e fique por dentro de tudo! Basta clicar aqui.

ads-geral-rodape